Resenha do livro “Web Analytics 2.0”, de Avinash Kaushik

Quando o assunto é Web Analytics, Kaushik é um mestre. Evangelizador de análise no Google, autor reconhecido mundialmente, é possível dizer que seus ensinamentos reverberam até nos principais especialistas em Web Analytics do Brasil, inclusive – embora, tristemente, estes nem sempre creditem o mestre pelo que dizem.

Kaushik é um sujeito bacana. Em “Web Analytics 2.0”, que sai agora em português, ele envolve seus leitores na saga para se tornarem “Ninjas da Análise”. Seu tom é bem humorado, simples e até bonachão, encarnando de alguma forma a figura do mestre oriental divertido dos filmes e seriados de karatê.

Imperdíveis suas explicações sobre KPIs e sobre os desafios de equilibrar Web Analytics com a “Opinião da Pessoa mais bem Paga” da empresa – nem sempre, a mais inteligente. São visões divertidas sobre temas e situações nem sempre agradáveis são realmente impagáveis.

Aí reside o maior mérito de um livro como “Web Analytics 2.0”: transitar entre o operacional, o técnico, o pessoal e o estratégico com enorme clareza e frases que não saem da cabeça. Como “critical few, baby, critical few!”, quando Kaushik fala da escolha das melhores métricas para seu negócio, referindo-se a elas como suas BFFs (Best friends forever).

Leitor assíduo de seu fantástico blog de Kaushik, comprei este livro na Amazon assim que saiu em inglês. Li de uma só vez. Voltei a ele dezenas de vezes. Está tudo ali, basta olhar com carinho, tudo que é preciso saber para iniciar uma jornada de sucesso em Web Analytics.

Sobre o “2.0” no título: é puro marketing e Kaushik, malandro que é, sabe disso. Na verdade, é um desconstrução de mitos; para analisar qualquer coisa (blogs, livros, pessoas, sites, redes sociais) mudam as metodologias, mas a base do pensamento analítico será sempre a mesma.

“2.0” pressupõe que coisas novas entram no jogo, mas as regras permanecem as mesmas.

Kaushik é um mestre. “Occam Razor” – The simplest explanation is usually the correct one.

Conheça nosso novo projeto:
www.atlasmedialab.com