Tipografia para Web

Desde que comecei a escrever aqui no Midializado, falei muito sobre imagens, cores e percebi que não ando dando muita atenção para tipografia. Por isso esse post será justamente sobre isso, mais especificamente tipografia para web.

Para vocês, webdesigners ou blogueiros é um assunto que sempre vale gastar um pouco mais de tempo e analisar bem as opções.

Muito bem, você montou seu blog ou seu website e vai começar a inserir textos e artigos. Que fonte usar? Com serifa ou sem serifa?

Vamos devagar. Primeiro, o que é serifa? Se você procurar na wikipédia, a definição que vai encontrar é esta: “serifas são os pequenos traços e prolongamentos que ocorrem no fim das hastes das letras”. Confuso? Não é tão difícil quanto parece. E com exemplos fica muito mais fácil!

Por exemplo, Times New Roman é uma fonte serifada e Arial (que por acaso é a fonte usada neste blog) é uma fonte sem serifa (o ideal é que vocês pudessem ver as diferenças aqui, mas o blogspot troca a fonte toda vez, por isso faça o teste em qualquer editor de texto do seu computador). Garamond é uma fonte serifada e a famosa Helvetica (usada mais em softwares da Apple) é uma fonte sem serifa. A ideia aqui não é aprofundar muito no assunto, mas sim dar uma noção geral dos cuidados que você deve ter na hora de escolher uma fonte para seu site.

Para web, é quase que regra utilizar fontes SEM serifa para qualquer tipo de texto e para impressos convencionou-se o uso da fontes COM serifa. Porque?

No caso dos impressos, uma fonte serifada é recomendada porque dá a sensação de continuidade para o leitor, pois as hastes unem uma letra com a outra direcionando e facilitando a leitura.

No caso da web, a fonte sem serifa foi escolhida, pois devido a baixa resolução dos primeiros computadores, fontes com serifa pareciam borrões e dificultavam a leitura de sites e artigos na web.

Contudo, isso não é mais considerado uma “regra absoluta”, pois devido ao avanço da tecnologia e ao aumento da resolução das telas de computador, hoje em dia alguns sites utilizam fontes serifadas para textos.

Ok, mas e se eu pudesse recomendar uma fonte para seu site, qual recomendaria? Se você pesquisar por ai, vai perceber que a maioria dos sites usam a fonte Verdana como primeira opção. Isso porque ela é vista como de fácil leitura e principalmente como uma fonte que praticamente todo mundo tem instalada no computador. Não adianta você colocar aquela fonte linda e maravilhosa que só você e seu irmão tem no computador, não é?

Minha opinião pessoal é que você opte pela Arial. Isso porque a maioria dos usuários na internet utiliza Windows e você já viu um Windows sem Arial instalada? Com certeza, a maioria dos visitantes do seu site vai ter essa fonte instalada no computador por isso a escolha é mais garantida. Além disso, não é uma fonte rebuscada e difícil de ler.

E o tamanho da fonte? Qual utilizar? Alguns webdesigners consideram algo entre 10 e 13 pixels, outros falam de 12 ou 13px somente. Na dúvida, sugiro que você vá com 12 pixels.

Agora, caso você ainda esteja com dúvida e queira ver na prática como a coisa funciona, recomendo o site www.typetester.org .Muito prático e funcional, o site permite que você compare instantaneamente três fontes diferentes com qualquer tipo de cor, tamanho e alinhamento e veja qual funciona melhor para aquilo que você busca. Ele ainda oferece uma lista de fontes seguras para web e outras padrões Windows e padrões Apple.

Post longo, mas espero que tenham gostado.
Abaixo, seguem alguns links que usei como base para este post:
Economia Ig
Wikipédia – Serifa
Blog do Bruno Avila

Ainda faltam alguns links, mas assim que encontrá-los por aqui, atualizo o post. Até semana que vem!
Conheça nosso novo projeto:
www.atlasmedialab.com