As três visões da comunicação de Sfez

Muito interessante a divisão que Lucien Sfez estabelece em seu livro “A comunicação“. Basicamente, ele separa a comunicação em três visões: representacional, expressiva e confusional. Representacional, ou visão das máquinas, é uma vertente utilizada pelas primeiras pesquisas norte-americanas em comunicação de massa (Lasswell, Lazarsfeld, etc.) além dos críticos de Frankfurt. Ela deriva da Teoria da […]

A reverberação da convergência

Incrível que, após o término da leitura do livro “Cultura da Convergência” de Henry Jenkins, a questão da convergência e suas implicações ainda reverberam na minha mente. Percebi que a questão proposta pelo livro abriu horizontalmente minha visão sobre a convergência, tanto em camadas quanto em focos. Por exemplo, ontem li um texto que discutia […]

O futuro da tecnologia da informação?

Dando uma pausa no livro “Cultura da Convergência” de Henry Jenkins, eu achei revolucionário esse vídeo chamado Sixth Senses, produzido pelo MIT, anunciando o futuro da tecnologia da informação. Um dispositivo capaz de agregar informação à elementos da vida real, como se fosse uma Web semântica móvel. Essa tecnologia coloca os conceitos de mobilidade e […]

Narrativa transmídia ou Transmedia Storytelling

Interessante o conceito de narrativa transmídia (=transmedia storytelling), definido por Henry Jenkins no seu livro “Cultura da Convergência“. O capítulo 3 do livro utiliza, como grande exemplo, o aparato narrativo da trilogia Matrix dos irmãos Wachowski. Jenkins cita que a narrativa de Matrix não está concentrada apenas nos filmes. Está presente em mais outras mídias […]

Creative Commons

Devido a uma infecção estomacal que contraí na segunda-feira passada, estou em total repouso e por isso, vou ficar devendo para vocês mais uma resenha do livro “Cultura da Convergência” de Henry Jenkins, na qual estou lendo atualmente. Porém, deixo nesse post esse vídeo, feito há 8 anos, sobre Creative Commons. Mesmo sendo bem ultrapassado, […]

A convergência de Jenkins

Bom, agora a minha atual leitura é “Cultura da Convergência” de Henry Jenkins, considerado o sucessor de Marshall McLuhan no estudo da comunicação. Na introdução do livro, Jenkins passou um resumo de todas as idéias que o norteiam em sua análise de casos (Matrix, Harry Potter, American Idol, entre outros). E a principal reflexão é […]

Socialnomics

Interessante esse vídeo informativo feito por Eric Qualman do Socialnomics, um blog bem legal sobre redes sociais e sua transformação na sociedade. Ao mesmo tempo, lembro de uma propaganda veiculada em determinados sites e blogs que diz: “Você acha que a internet não é uma mídia de massa?” e passa vários dados com números expressivos […]

Encontrando modelos de negócios em Web

Finalmente alguém desistiu de enfrentar a Web e percebeu que ela é um modelo de negócio, ao invés de vê-la como um obstáculo. Radiohead não voltam a gravar álbuns Apesar que, confesso, existe uma certa aura, enquanto fã, de ter o CD do seu grupo favorito, de escutar no aparelho de som ou no carro […]

Modelo “Grande Irmão” de Benkler

A outra teoria para o futuro da internet, presente no livro “Conectado”, vem do professor de Direito da Universidade de Yale, Yochai Benkler. Em seu livro “The Wealth of Networks”, Benkler dialoga com Adam Smith, no sentido de que a internet desafia o modelo produtivo industrial surgido com o liberalismo por estimular a formação de […]

O modelo utópico de Kelly

Os últimos capítulos do livro “Conectado” de Juliano Spyer se dedicam a traçar alguns possíveis rumos para o cenário da Web no futuro. Spyer destaca dois raciocínios, não totalmente excludentes um do outro: o modelo utópico de Kelly e o modelo “Grande Irmão” de Benkler. Apresento no post de hoje o modelo de Kelly. Kevin […]